ponto de partida

A propósito de um sequestro

4 de abril de 2016

A Propósito de um Sequestro é o texto fundacional do grupo Ponto de Partida formado pelos brasileiros exilados no Chile de Allende em fins de 1970, começo de 1971. Retrata uma dura polêmica contra as concepções vanguardistas das guerrilhas distantes dos movimentos de massas que reinavam no Brasil e em vários países da América Latina naquela época. O texto preconizava a volta ao marxismo e ao proletariado . É do grupo Ponto de Partida que se originará  em 1974 a Liga Operária no [...]

Allende e o poder operário: dois jovens socialistas no Chile da Unidade Popular (vídeo)

27 de janeiro de 2016

Waldo Mermelstein e Enio Bucchioni  | Apresentação: Luis Gustavo  | Desde tempos remotos, a experiência de sair de sua vila natal marca a vida de um jovem. Os exemplos na literatura abundam; mais além das páginas de fantasia, também a realidade foi fertilizada pelas possibilidades abertas no ato de buscar novos ares, de Heródoto a Marco Polo. Jovens que, sob a ditadura brasileira iniciada em 1964, decidissem sair de seu país podiam arriscar também uma nova conjuntura política. A [...]

1975 versus 2015: A consciência após o fim dos Estados Operários

9 de outubro de 2015

No artigo anterior foi mostrada a diferença brutal da luta de classes nos anos próximos à última expropriação da burguesia no Vietnã em 1975 e os anos posteriores ao fim dos antigos 32 Estados Operários. Agora, Enio Bucchioni verifica a evolução da consciência dos ativistas e das massas no mundo inteiro nestes 40 anos. [...]

Túlio Quintiliano: sua memória segue em nossa luta!

11 de setembro de 2015

Blog Convergência Neste dia 11 de setembro, em que recordamos os 42 anos do golpe genocida de Augusto Pinochet no Chile, publicamos no Blog Convergência um documento feito pela Comissão Nacional da Verdade sobre Túlio Quintiliano, que foi um dos fundadores da corrente que deu origem ao PSTU, o Ponto de Partida. Tulio, exilado brasileiro, foi recebido com os braços abertos pelo Chile e militou na esquerda até o golpe. Preso, juntamente com sua companheira, a Naná, desapareceu. Tudo leva [...]

Túlio Quintiliano: presente! Ahora y siempre!

14 de setembro de 2014

Enio Bucchioni “Túlio Quintiliano, a la marquesina!” Num intervalo de cinco minutos essa frase foi repetida  três vezes por um oficial do exército chileno. Eu a escutei com muita esperança. Fiquei observando se alguém se aproximaria da marquise bem em frente da tribuna de honra do Estádio Nacional do Chile. Em vão. Tulio não se apresentou na marquesina. Eu estava do lado esquerdo, no setor de arquibancada, junto a algumas dezenas de milhares de prisioneiros naquele imenso [...]

Do Ponto de Partida à fundação da Liga Operária (1970-1974)

14 de abril de 2014

Alvaro Bianchi  Em 1974, o Brasil vivia o fim do governo de Emilio Garrastazu Médici, o mais repressivo de todos os governos militares. O golpe de 1964 completava dez anos, e a pujança do modelo de crescimento acelerado, chamado de “milagre”, parecia aos observadores mais superficiais, ainda inabalada. Os primeiros sinais da crise se faziam sentir, entretanto. O modelo de desenvolvimento baseado no endividamento externo passou a gerar sérios desequilíbrios na balança de pagamento com [...]
[email protected] [email protected]