política brasileira

Frente popular na história: teoria e um caso Brasileiro

9 de fevereiro de 2016

Fábio José de Queiroz  | Neste artigo, abordamos o tema da Frente Popular, no Brasil, abarcando uma análise interpretativa de sua gênese e significado, bem como de sua repercussão na estratégia socialista. Afora esta introdução, o artigo está dividido em três partes e mais as conclusões. Na primeira parte traçamos um quadro da origem da Frente Popular no Brasil. A segunda seção é constituída pelo marco teórico-histórico geral. Na terceira parte, examinamos, não só o lugar [...]

O “golpismo” e muitas outras ilusões da “esquerda”

13 de janeiro de 2016

Alberto Alonso Muñoz  | A esquerda brasileira vem vivendo, nas últimas décadas, mas mais acirradamente no último ano, sob efeito de prestidigitação. O truque de um mágico, todos sabemos disso, consiste em desviar o olhar, a atenção do público (no nosso caso, o campo da esquerda), enquanto realiza seus movimentos para embaralhar aparência e realidade. Enquanto o mágico faz olhar para a mão esquerda, é a mão direita que esconde a moeda entre os dedos. A questão que é preciso [...]

Por uma educação emancipadora: Eu confesso!

7 de dezembro de 2015

Carlos Zacarias de Sena Júnior* Fim de período letivo na UFBA e resolvi confessar: durante duas décadas fui um doutrinador de mentes inocentes! Nas minhas aulas de História, assediei alunos com minha ladainha marxista. Falei de luta de classes, de revolução. Condenei a inquisição, maldisse a Santa Madre Igreja, defenestrei a escravidão e apontei a colonização e a dependência como nossos maiores males. Jactei-me com a Revolução Russa, amei os sovietes e o poder nas mãos dos [...]

Eleições, individualismo e classes sociais

21 de novembro de 2014

Wagner Miquéias F. Damasceno A eleição burguesa é um terreno desfavorável para os trabalhadores, e é assim, especialmente, por quatro motivos: 1) por tentar dar uma saída política que não ponha em questão a integralidade do capitalismo – em nosso caso, sempre respeitando os marcos do regime democrático burguês; 2) por incitar sempre uma ideologia de cunho individualista; 3) pela ideia de igualdade de cada voto e 4) pelo financiamento privado das candidaturas burguesas. Duas falas [...]

Brasil, vitória de Pirro e depois: nova polêmica jornalística com Atilio A. Borón

3 de novembro de 2014

Betto della Santa “Se ‘tamos todos juntos contra quem vamos lutar?” (Palavra-de-ordem da Liberdade e Luta – OSI, 1979) Poucos dias antes do segundo turno das eleições brasileiras Atilio Borón – um prestigiado cientista social latinoamericano, membro do Partido Comunista Argentino e articulista regular do portal de notícias multiestatal Telesurtv.net – publicou um texto de comentário ao segundo turno das eleições do que ele chama “nosso irmão maior”; o Brasil. Poucos dias [...]

O paradoxo Brasil e o espelho distorcido das eleições

24 de outubro de 2014

Carlos Zacarias de Sena Júnior O Brasil que vai sair das urnas em 2014 será pior do que aquele de há quatro anos, não há dúvidas. Mas será este o mesmo país que foi às ruas nas Jornadas de Junho de 2013? A pergunta, capciosa em todos os sentidos, tem suas razões de ser, pois considerando as muitas hipóteses que têm circulado nos debates em curso sobre as eleições, a ideia de que se as manifestações de junho não tinham exatamente um caráter conservador, foram as forças da [...]

Tolerância Zero em São Paulo?

27 de agosto de 2014

Alvaro Bianchi O candidato do PT ao governo do estado de São Paulo, o ex-ministro Alexandre Padilha, lançou-se na disputa do voto conservador. Um de seus eixos nesta disputa é a política de segurança pública. Em seu programa de televisão, um locutor anuncia: “os bandidos usam celular e comandam crimes dentro das prisões. Se o governo do PSDB não consegue controlar os bandidos que estão presos, imagine os que estão soltos”. Em sua disputa contra Geraldo Alckimin, do PSDB, Padilha [...]
[email protected] michaux.grace