governo dilma

O que a vida quer da gente é coragem!

30 de março de 2016

Lana Bleicher  | «O correr da vida embrulha tudo. A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí então afrouxa, sossega depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem!» (Guimarães Rosa) Tenho conversado muito abertamente com companheiros que estiveram nesse último período lutando na mesma trincheira que eu contra uma série de ataques que os trabalhadores têm sofrido. Pessoas que foram comigo aos atos contra o PL da Terceirização. Pessoas que fizeram comigo uma greve sob um [...]

O “golpismo” e muitas outras ilusões da “esquerda”

13 de janeiro de 2016

Alberto Alonso Muñoz  | A esquerda brasileira vem vivendo, nas últimas décadas, mas mais acirradamente no último ano, sob efeito de prestidigitação. O truque de um mágico, todos sabemos disso, consiste em desviar o olhar, a atenção do público (no nosso caso, o campo da esquerda), enquanto realiza seus movimentos para embaralhar aparência e realidade. Enquanto o mágico faz olhar para a mão esquerda, é a mão direita que esconde a moeda entre os dedos. A questão que é preciso [...]

Crise política dos governos “pós-neoliberais” latino-americanos e os desafios da esquerda (vídeo)

11 de dezembro de 2015

Juary Chagas Postamos abaixo vídeo de mesa redonda ocorrida em julho durante o VIII Colóquio Marx/Engels promovido CEMARX (Unicamp) sobre o tema: Crise política dos governos “pós-neoliberais” latino-americanos e os desafios da esquerda. Participam do debate o colunista do Convergência Juary Chagas, além de Gonzalo Adrián Rojas (UFCG), Cláudia Maria Costa Gomes (UFPB) e Daniel Rodrigues (UFSCAR). Vale a conferida! [...]

Greves no serviço público e ajuste fiscal: É possível uma solução para esse impasse?

16 de outubro de 2015

Filipe Augusto Gois Alves Os servidores públicos federais efetivaram esse ano poderosas greves, ainda assim conseguiu-se avançar muito pouco no conjunto das pautas. Em outros movimentos paredistas, como no judiciário em 2006 ou Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em 2004 e 2005, houveram conquistas superiores às hoje apontadas. Muitas dessas greves se deram de forma isolada e com quadros de adesão menor, diferente de hoje, mesmo assim obtendo vitórias. Os principais elementos de [...]

Sobre História, PT, Carta e Travessia

20 de setembro de 2015

Fábio José de Queiroz   É chegada a hora de tirar a camisa suja, é chegada a hora de vestir a roupa limpa (LÊNIN).   Esta carta pode ter sido escrita para ser lida em 1992, quando para se preservar fiel a ordem e ao calendário eleitoral, o PT começa a expulsar as correntes hostis a sua integração ao regime político, como a Convergência Socialista, embora muito poucos tenham se dado conta disso. Para respeitar o senso de historicidade, os primeiros sinais mais visíveis [...]

Mais um grave golpe contra os servidores

16 de setembro de 2015

Jorge Luiz Soto Maior No dia 02 de setembro de 2015, a classe trabalhadora e, em especial, os servidores públicos federais, foram vítimas de mais um golpe, assim denominado não por força de expressão, mas nos estritos limites técnicos do termo, ou seja, a supressão temporária das garantias constitucionais da cidadania e da democracia, o que caracteriza um Estado de exceção. Verdade que no que se refere à classe trabalhadora vive-se, no Brasil, há décadas, um Estado de exceção [...]

 O espelho distorcido das eleições: processos políticos e conflitos sociais no Brasil na última década e meia

6 de setembro de 2015

  Carlos Zacarias de Sena Júnior* Nos últimos meses um importante fenômeno, há tempos recolhido e pouco ativo na nossa política recente, voltou a ressurgir. A ocupação das ruas da parte de setores da direita tradicional acentua uma tendência com interfaces nas últimas eleições, mas que, em perspectiva histórica, só muito excepcionalmente transcende os limites das instituições e o jogo eleitoral. Considerando não ser do ordinário das disputas eleitorais no Brasil uma [...]

Apoio ao governo Dilma como o mal menor ou construir um terceiro campo independente?

4 de setembro de 2015

Valério Arcary* A teoria dos campos burgueses progressivos se justifica com a generalização abusiva de um fato real: as diferenças entre os distintos setores burgueses (…) Isto não significa que o marxismo ignore a existência de rivalidades entre os distintos setores da burguesia.(…) Porém isso significa que se deve aproveitar estes choques, jamais apoiar politicamente uma frente de colaboração de classe que pode surgir dos mesmos (1). Nahuel Moreno Uma análise sólida [...]

Por que Dilma não faz um governo de esquerda? A economia política dos governos do PT

3 de setembro de 2015

Marcelo Dias Carcanholo[1] Muitos se assustam com o caráter ortodoxo da política econômica aplicada pelo governo nestes primeiros meses do segundo mandato de Dilma Rousseff. Outros tantos chegam a se mobilizar para tentar resgatar um mandato que, presumivelmente, teria que ser de esquerda e, portanto, não deveria implementar um ajuste ortodoxo recessivo para combater os efeitos da crise da economia mundial, algo tipicamente de direita. Várias questões emergem deste tipo de percepção. O [...]

A crise e os golpes contra a classe trabalhadora

2 de setembro de 2015

Jorge Luiz Souto Maior   É importante saber que se há uma crise econômica é porque no capitalismo as crises são cíclicas e inevitáveis, sendo certo que se o capitalismo tem sido capaz de se reinventar na superação de cada crise, também é certo que as crises, no processo dialético, têm sido cada vez mais graves e profundas. Elas exigem que se leve a sério a necessidade de se pensar na organização de um novo modelo de sociedade, sob pena de, falseando a realidade, sermos [...]
1 2 3
[email protected]