chile

O outro 11 de setembro: a tragédia chilena

11 de setembro de 2017

Waldo Mermelstein O golpe militar que derrubou Salvador Allende vitimou milhares de pessoas, destruiu os partidos políticos e as organizações dos trabalhadores e impôs o modelo precursor do neoliberalismo. Não por acaso, os estudantes e o povo que se manifestam às centenas de milhares pelas ruas de Santiago em 2011 levantam a bandeira de ““Se va caer, se va caer, la educación de Pinochet””. Assim como a educação, a saúde e a previdência são privadas em sua esmagadora [...]

El Silencio de una Generación (tras las huellas de la corriente trotskista de Nahuel Moreno en Chile, 1979-1993)

12 de maio de 2016

  Mariano Alejandro Vega Jara |   “Necesito saber cómo fue –le dice Mateo a su madre–, el episodio oscuro, quiero saber cómo fue exactamente”[1]. (Pre-Legalización del MAS, Febrero de 1989, mimeo.)   Tal como en  la novela de Laura Restrepo, Demasiados Héroes, la investigación-memoria sobre el pasado de una ex militante trotskista colombiana en la última dictadura militar de Argentina –su historia personal—, los orígenes de la tradición fundada por Nahuel [...]

A propósito de um sequestro

4 de abril de 2016

A Propósito de um Sequestro é o texto fundacional do grupo Ponto de Partida formado pelos brasileiros exilados no Chile de Allende em fins de 1970, começo de 1971. Retrata uma dura polêmica contra as concepções vanguardistas das guerrilhas distantes dos movimentos de massas que reinavam no Brasil e em vários países da América Latina naquela época. O texto preconizava a volta ao marxismo e ao proletariado . É do grupo Ponto de Partida que se originará  em 1974 a Liga Operária no [...]

Allende e o poder operário: dois jovens socialistas no Chile da Unidade Popular (vídeo)

27 de janeiro de 2016

Waldo Mermelstein e Enio Bucchioni  | Apresentação: Luis Gustavo  | Desde tempos remotos, a experiência de sair de sua vila natal marca a vida de um jovem. Os exemplos na literatura abundam; mais além das páginas de fantasia, também a realidade foi fertilizada pelas possibilidades abertas no ato de buscar novos ares, de Heródoto a Marco Polo. Jovens que, sob a ditadura brasileira iniciada em 1964, decidissem sair de seu país podiam arriscar também uma nova conjuntura política. A [...]

Túlio Quintiliano: sua memória segue em nossa luta!

11 de setembro de 2015

Blog Convergência Neste dia 11 de setembro, em que recordamos os 42 anos do golpe genocida de Augusto Pinochet no Chile, publicamos no Blog Convergência um documento feito pela Comissão Nacional da Verdade sobre Túlio Quintiliano, que foi um dos fundadores da corrente que deu origem ao PSTU, o Ponto de Partida. Tulio, exilado brasileiro, foi recebido com os braços abertos pelo Chile e militou na esquerda até o golpe. Preso, juntamente com sua companheira, a Naná, desapareceu. Tudo leva [...]

“Trotsky y la Marilyn” Reseña del libro de Genaro Arriagada Herrera

16 de junho de 2015

—Acompáñame en un homenaje a mi viejo partido. ¡Salud por la Internacional! —Por la banca internacional que es la única Internacional que nos queda – contestó Alfredo blandiendo la copa desde la que calló un chorro de licor. […] —Por la derecha que volverá majestuosa, envuelta en la bandera  de las libertades… de todas las libertades, sin excepción. —Por el eterno retorno del capitalismo y de los poderes fácticos  –agregó Alfredo ya cansado de reír. —Por la muerte [...]

“¡La revolución ya viene! El MIR chileno en los años sesenta”, una reseña de Eugenia Palieraki

1 de abril de 2015

Mariano Vega Jara   Santiago de Chile, LOM Ediciones, 2014, 482 páginas Al cumplirse 40 años de la muerte en combate de Miguel Enríquez, uno de los fundadores del Movimiento de Izquierda Revolucionaria (MIR), la editorial chilena LOM publica el texto de Eugenia Palieraki, expresión de su tesis doctoral en Historia, obtenida bipartidamente en Chile y Francia. Así como la muerte de M. Enríquez, por obra de la dictadura militar, rearmaría los análisis, condiciones y perspectivas de [...]

Meu amigo Otto Brokkes: Chile, Portugal, Angola

29 de dezembro de 2014

Enio Bucchioni Chile, 1973 Éramos apenas cinco, entre os quais Otto Brokes. Dezembro de 1973, Estádio Nacional. Centenas de prisioneiros brasileiros já haviam saído daquela prisão em céu aberto em que se transformara o principal campo de futebol do Chile, com capacidade para 77 mil pessoas. Nos dias e semanas posteriores ao golpe, o Estádio ficou repleto de detidos,com cerca de mil estrangeiros, todos exilados, das mais diversas nacionalidades.  Os latino-americanos tinham sido expulsos [...]

Túlio Quintiliano: presente! Ahora y siempre!

14 de setembro de 2014

Enio Bucchioni “Túlio Quintiliano, a la marquesina!” Num intervalo de cinco minutos essa frase foi repetida  três vezes por um oficial do exército chileno. Eu a escutei com muita esperança. Fiquei observando se alguém se aproximaria da marquise bem em frente da tribuna de honra do Estádio Nacional do Chile. Em vão. Tulio não se apresentou na marquesina. Eu estava do lado esquerdo, no setor de arquibancada, junto a algumas dezenas de milhares de prisioneiros naquele imenso [...]

O outro 11 de Setembro: a tragédia chilena ( primeira parte)

11 de setembro de 2013

Waldo Mermelstein O golpe militar que derrubou Salvador Allende vitimou milhares de pessoas, destruiu os partidos políticos e as organizações dos trabalhadores e impôs o modelo precursor do neoliberalismo. Não por acaso, os estudantes e o povo que se manifestam às centenas de milhares pelas ruas de Santiago em 2011 levantam a bandeira de ““Se va caer, se va caer, la educación de Pinochet””. Assim como a educação, a saúde e a previdência são privadas em sua esmagadora [...]
1 2
[email protected]