ajuste

«Tudo o que é sólido desfaz-se no ar»

27 de julho de 2016

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades, Muda-se o ser, muda-se a confiança: Todo o mundo é composto de mudança, Tomando sempre novas qualidades. Do mal ficam as mágoas na lembrança, E do bem (se algum houve) as saudades. Luís de Camões Raquel Varela | «Queremos um Estado forte na economia». É isso o que defendem muitos na sociedade portuguesa hoje, sobretudo os economistas de inspiração neokeynesiana. Insistem que o projeto neoliberal consiste em retirar força ao Estado e que a [...]

Uma nota sobre a reforma de previdência

6 de junho de 2016

Valerio Arcary |   A verdade é como o azeite: vem sempre ao de cima. Sabedoria popular portuguesa A previdência tem sido um dos fatores que explicam porque, desde 1988, a classe dominante logrou a longevidade de um “pacto social” informal sem o qual a estabilidade do regime democrático eleitoral, o presidencialismo de coalizão não teria sido, talvez, possível. Pelo menos, teria sido muito mais instável. Formou-se a partir de 1988, como resultado da Constituinte eleita em 1986, [...]
[email protected] [email protected]