1968

Do outro lado do Canal da Mancha: 1968 na Inglaterra

8 de dezembro de 2012

Beto della Santa “É impossível ser jovem em uma terra morta.” (Dennis Potter) “Dos rios se os diz violentos / mas silenciam sobre as violentas margens que os oprimem.” (Bertolt Brecht) “Da História já se disse que flui como a água dos rios. Como as margens mudam de lugar, nunca se sabe bem ao certo aonde vão. Nem sempre os rios desembocam nos mares. (…) Assim são, também, os rios da História. São revoltos, cheios de curvas imprevisíveis, com quedas d’água [...]
[email protected] [email protected]