Restauração capitalista e as experiencias da classe operária no leste

image_pdfimage_print

Aldo Cordeiro Sauda  |

Operário metalúrgico na Hungria, operário borracheiro e operador de fornos em Moscou e operário moveleiro no circulo ártico da Rússia. Foi pelo método da proletarização no leste europeu e na antiga União Soviética que Michael Burawoy, principal referencia contemporânea da sociologia marxista de língua inglesa, estudou o processo de restauração capitalista nos antigos estados operários.

Professor na Universidade de Berkeley, na Califórnia, Burawoy esteve no Brasil para o lançamento de seu livro, Marxismo Sociológico. Nele, o acadêmico discute a aplicação de seu método de pesquisa “observador-participante” nas fabricas em que trabalhou. Entre suas fontes de inspiração metodológica está a obra de Leon Trotsky, que segundo Burawoy, deve ser interpretado como um dos maiores cientistas sociais do século XX. Confira abaixo sua entrevista para o Blog Convergência.

 

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*


silmon@mailxu.com dauphinais.francine@mailxu.com