Alvaro Bianchi

Duas interpretações clássicas sobre o coronelismo

30 de junho de 2014

 Alvaro Bianchi Nesta breve resenha procura-se apresentar duas interpretações clássicas do fenômeno do coronelismo. A primeira delas é a realizada por Victor Nunes Leal, Coronelismo, enxada e voto: o município e o regime representativo no Brasil. Publicado pela primeira vez em 1948, pela Editora Forense, o livro de Nunes Leal tem merecido várias reedições, a última delas em 2012 pela editora Companhia das Letras. A segunda é o ensaio “O coronelismo numa interpretação [...]

O espetáculo de Nicolelis

23 de junho de 2014

 Alvaro Bianchi Para a comunidade científica brasileira as imagens mais importantes na abertura da Copa do Mundo deveriam ser aquelas nas quais um paraplégico, vestindo um exoesqueleto comandado por sinais cerebrais, daria o chute inicial. Faltou combinar com a Fifa. Apenas sete segundos foram transmitidos pela televisão, o chute não inaugurou a partida e a decepção tomou conta de todos. Ainda assim, o chute ocorreu. Façanha de Miguel Nicolelis, neurocientista brasileiro radicado nos [...]

A burguesia de mentira e as vaias para Dilma

13 de junho de 2014

Alvaro Bianchi  Quem xingou Dilma? Certamente não foram os manifestantes de junho, os metroviários demitidos por Alckmin, os docentes e técnicos administrativos em greve nas universidades estaduais paulistas, os trabalhadores da justiça federal em greve, as comunidades expulsas de suas terras pelas megaconstruções do governo federal. Estes teriam bons motivos para tal, mas não estavam na Arena São Paulo. E se estivessem, provavelmente, não teriam escolhido as mesmas palavras lá [...]

Sartre, Malcolm X e o ministro da Injustiça

11 de junho de 2014

Alvaro Bianchi Na peça Les Mains sales [As mãos sujas], de Jean-Paul Sartre, ambientada nos estertores da Segunda Guerra Mundial em uma França governada por um títere do nazismo, dois personagens se confrontam: o idealista Hugo e o pragmático Hoederer. Para atingir os fins desejados, Hoederer não media esforços e não recusava nenhum meio. Queria negociar com os fascistas, que apoiavam a Alemanha, e os liberais, sustentados pelos Estados Unidos para constituir um governo após o fim da [...]

Levitando sapos: uma defesa da ciência das sextas-feiras à noite

12 de maio de 2014

Alvaro Bianchi (Este artigo foi escrito durante sextas-feiras à noite.) O conhecido Ig Nobel Prize é um evento sério. Em 2013 cientistas chineses foram premiados por um estudo sobre os efeitos da audição de óperas em ratos submetidos a transplante de coração (UCHIYAMA et al., 2012); franceses e americanos por terem comprovado experimentalmente que homens bêbados acreditam que são atraentes (BÈGUE et al., 2012); uma equipe italiana por descobrir que pessoas podem correr sobre a [...]

Do Ponto de Partida à fundação da Liga Operária (1970-1974)

14 de abril de 2014

Alvaro Bianchi  Em 1974, o Brasil vivia o fim do governo de Emilio Garrastazu Médici, o mais repressivo de todos os governos militares. O golpe de 1964 completava dez anos, e a pujança do modelo de crescimento acelerado, chamado de “milagre”, parecia aos observadores mais superficiais, ainda inabalada. Os primeiros sinais da crise se faziam sentir, entretanto. O modelo de desenvolvimento baseado no endividamento externo passou a gerar sérios desequilíbrios na balança de pagamento com [...]

Memória e ditadura: a luta pela história

4 de abril de 2014

Alvaro Bianchi No dia 17 de fevereiro de 2009 o jornal Folha de S. Paulo, descreveu a ditadura militar brasileira como uma “ditabranda”. De acordo com esse jornal, o regime brasileiro teria sido mais ameno do que aqueles que tiveram lugar em outros países da América Latina durante o mesmo período. Os números, entretanto, desmentem a Folha. No mesmo ano, a segunda edição de Dossiê ditadura,  registrava que o número de mortos e desaparecidos no Brasil era de, pelo menos, 426 [...]

Adeus a Silvana Finzi Foá

10 de março de 2014

 Alvaro Bianchi Ao anoitecer de domingo o telefone começou a tocar na casa de antigos militantes da Convergência Socialista (CS) e do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU). Eram companheiros avisando que Silvana Finzi Foá havia falecido, depois de muitos anos doente. Silvana havia começado a militar com os socialistas no começo dos anos 1980, juntamente com seu companheiro Valter Cosenza, anos mais tarde, seus filhos Ana e Luiz também entraram para o partido. Formada em [...]

Ornitorrincos com PhD

7 de março de 2014

Alvaro Bianchi Parcela significativa dos intelectuais brasileiros, poderia dizer até a maior e mais importante, parece ter desenvolvido um duplo papel. Nas revistas acadêmicas comportam-se de modo ponderado e comedido, como cabe aos cientistas. Formulam problemas de pesquisa, apresentam hipóteses, reúnem evidências e submetem suas ideias a rigorosos testes científicos de acordo com as metodologias mais modernas. Mas nas colunas dos jornalões e nas redes sociais esses mesmos acadêmicos [...]

É o fim de um ciclo político no Brasil?

10 de fevereiro de 2014

Daniela Mussi e Alvaro Bianchi É o fim de um ciclo político no Brasil? A resposta a esta pergunta deve conter certa ambiguidade dado o caráter inconcluso da situação presente. É possível dizer, tal como na música do compositor brasileiro Vital Farias: é o começo do fim ou o fim. Para tornar a resposta a esta pergunta mais clara, é necessário apresentar três conceitos inspirados nas ideias de Antonio Gramsci que estão na base do argumento que será aqui apresentado: classismo [...]
1 2 3 4 6
[email protected] [email protected]