Alvaro Bianchi

Hegemonia e crise: noções básicas para entender a situação brasileira

31 de março de 2015

Alvaro Bianchi e Ruy Braga A presente situação política no Brasil pode ser caracterizada como uma crise da forma restrita que a hegemonia das classes dominantes adquiriu no Brasil. Em diversos artigos, caracterizamos a forma presente da hegemonia como uma “revolução passiva à brasileira”, ou seja, um processo de atualização gradual do capitalismo por meio de reformas promovidas diretamente pelo Estado, o qual parecia se destacar de suas bases sociais para melhor realizar sua [...]

Sobre o trabalho teórico

9 de fevereiro de 2015

Alvaro Bianchi “Mas, meu senhor, afinal, decifrar a Bíblia é da competência dos teólogos da Santa Igreja, ou não?” (Bertold Brecht, A vida de Galileu.) Para um marxismo que se deseja profano a teoria não pode estar subordinada à prática. A sujeição aos ditames da prática implicou sempre na instrumentalização e no empobrecimento de todo conhecimento. Transformada em uma ferramenta para uso imediato a teoria rapidamente se converte em justificativa de ações políticas [...]

Por um marxismo profano

24 de janeiro de 2015

Alvaro Bianchi Certa feita, Jean-Paul Sartre afirmou que o marxismo era a filosofia insuperável de nossa época. Ao afirmar isso registrou o caráter histórico do marxismo, o qual era o ponto de culminância e a negação do pensamento filosófico precedente. A afirmação registrava, ao mesmo tempo, a finitude dessa forma de pensamento, cuja existência encontra-se condenada ao quadro social que ele procurou explicar. Ao reconhecer sua própria finitude, o marxismo assumiu-se como um [...]

A “proletarização” do PCB: pequena crônica de um golpe burocrático (1930-1934)

2 de janeiro de 2015

Alvaro Bianchi No final dos anos 1920 o jovem Partido Comunista do Brasil (PCB) começava a romper seu isolamento político. O percurso não havia deixado de ser acidentado. A direção do partido era inexperiente, tinha agudos traços burocráticos e uma forte tendência ao alinhamento automático com a fração stalinista na Internacional Comunista. Ainda assim, os êxitos eram inegáveis. A criação do Bloco Operário e Camponês (BOC) havia lhe permitido apresentar-se abertamente no [...]

O que é a pequena burguesia?

26 de dezembro de 2014

Alvaro Bianchi As noções de pequena-burguesia e classe média necessitam um tratamento teórico mais detalhado. Para a sociologia de inspiração weberiana as classes sociais são definidas tomando em consideração as oportunidades de vida permitidas pela posse de bens  (WEBER, 2004, v. 2, p. 176). Este conceito se afirmou fortemente no senso comum, para o qual classe é igual a renda ou patrimônio. Para Marx e Engels, entretanto, as determinações das classes sociais não se encontram [...]

A parábola do pós-modernismo

10 de dezembro de 2014

Alvaro Bianchi Como corrente cultural o pós-modernismo encontra suas primeiras manifestações no início do segundo terço do século XX. Perry Anderson indicou claramente que o primeiro a utilizar a expressão foi um espanhol, no início dos anos 1930, Federico de Onís, o qual acreditava que o pós-modernismo era uma corrente literária que representava “um refluxo conservador dentro do próprio modernismo” (ANDERSON, 1999, p. 10). Foi também nesse sentido cultural que o poeta [...]

Tolerância Zero em São Paulo?

27 de agosto de 2014

Alvaro Bianchi O candidato do PT ao governo do estado de São Paulo, o ex-ministro Alexandre Padilha, lançou-se na disputa do voto conservador. Um de seus eixos nesta disputa é a política de segurança pública. Em seu programa de televisão, um locutor anuncia: “os bandidos usam celular e comandam crimes dentro das prisões. Se o governo do PSDB não consegue controlar os bandidos que estão presos, imagine os que estão soltos”. Em sua disputa contra Geraldo Alckimin, do PSDB, Padilha [...]

Clausewitz: guerra, política e revolução

25 de agosto de 2014

Alvaro Bianchi  (Prefácio ao livro de Rodrigo Duarte Fernandes dos Passos. Clausewitz e a política. Ijuí: Unijuí, 2014.) A chegada das tropas de Napoleão Bonaparte à Prússia abalou profundamente o modo de pensar dos alemães, mas também o modo do Ocidente se imaginar a si próprio. A Revolução Francesa de 1789 dissolveu relações feudais; trouxe o povo para a política, concedendo-lhe direitos até então negados; secularizou as propriedades da Igreja; promoveu a reforma agrária; [...]

Sindicatos, oposições e redes de solidariedade nos Estados Unidos

28 de julho de 2014

Alvaro Bianchi Este breve artigo pretende descrever três diferentes processos de organização da luta dos trabalhadores nos Estados Unidos: os sindicatos, os grupos de oposição sindical e as redes de solidariedade. Sindicatos Os sindicatos estadunidenses funcionam como grandes grupos de pressão legislativa. Organizam lobbies e financiam a campanha de candidatos comprometidos com as reivindicações trabalhistas. Nas recentes eleições para a prefeitura de New York City forneceram o maior [...]

“O marxismo brasileiro precisa se renovar”: entrevista com Alvaro Bianchi e Marcelo Badaró

18 de julho de 2014

Daniela Mussi  Em 1998, ano em que o Manifesto Comunista de Karl Marx e Friedrich Engels completou seu 150o aniversário, surgiu no Brasil a Revista Outubro. Seu manifesto de lançamento editorial apresentava uma revista marxista independente, cuja vocação estava na publicação de artigos e resenhas dedicados à atualização da pesquisa teórica e empírica crítica do mundo capitalista. Seu corpo de colaboradores era formado por pesquisadores e professores experientes e jovens acadêmicos [...]
1 2 3 6
[email protected]