Valério Arcary

O marxismo e a natureza humana (parte 2)

20 de fevereiro de 2013

Valério Arcary “Quem não cansa, alcança.” (Sabedoria popular portuguesa.) A discussão da natureza humana reapareceu por intermédio de uma versão da biologia evolucionista. Esta posição admite que a natureza humana seria o produto da cultura. Mas ressalta que a cultura seria expressão, também, de uma natureza humana herdada. Ambas estariam condicionadas pela evolução. (RIDLEY, 1995). O argumento é circular. A decodificação da seqüência do DNA tem alimentado até a [...]

O marxismo e a natureza humana (parte 1)

19 de fevereiro de 2013

Valério Arcary ” Se se entende que toda transgressão contra a propriedade, sem entrar em distinções, é um roubo, não será um roubo toda a propriedade privada? Acaso minha propriedade privada não exclui a todo terceiro desta propriedade? Não lesiono com isso, portanto, seu direito de propriedade?” (Karl Marx, Os debates na Dieta Renana sobre as leis castigando os roubos de lenha.) O argumento que defende a justiça da propriedade privada foi sempre a pedra angular do [...]

A liderança norte-americana no sistema internacional de Estados está ameaçada pela China?

8 de fevereiro de 2013

Valério Arcary “o argumento principal deste trabalho foi que o impasse de acumulação da atual fase B diferentemente da fase B do final do século XIX, não apresenta nenhuma solução capitalista óbvia.  Certamente, a atual fase B se transformará, mais cedo ou mais tarde, em uma nova fase A (…) mas a acumulação capitalista pode estar se aproximando de seus limites históricos. O próximo Kondratiev bem poderia ser o último” [1] A interpretação da época histórica [...]

Uma crítica a Kurz: objetivismo teórico, catastrofismo econômico e impotência política

15 de dezembro de 2012

Valério Arcary “Duas luvas da mão esquerda não perfazem um par de luvas. Duas meias verdades não perfazem uma verdade.” (Eduard Douwes Dekker, alias,  Multatuli — 1820-1887) A elaboração de Robert Kurz chegou a ter alguma repercussão no Brasil nos anos 1990, e ainda hoje mantém uma pequena influência em círculos universitários e, curiosamente, em Fortaleza. Os seus argumentos merecem ser considerados e submetidos à crítica. Argumentamos em outros textos que, no século XX, [...]

A revolução Síria: não perguntes por quem os os sinos dobram

30 de novembro de 2012

Valerio Arcary “Nenhum homem é uma ilha, isolado em si mesmo (…) E por isso não perguntes por quem os sinos dobram; eles dobram por ti.” (John Donne) “Será necessário que se reúnam condições completamente excepcionais, independentes da vontade dos homens ou dos partidos, para libertar o descontentamento das cadeias do conservadorismo e levar as massas à insurreição. Portanto, essas mudanças rápidas que as idéias e o estado de espírito das massas vivem nas [...]

14 N: o dia em que o internacionalismo ressurge como força social e política

13 de novembro de 2012

Valerio Arcary, professor do IFSP O dia de greve geral unificada de 14 de novembro de 2012 em Portugal, Grécia e Estado Espanhol, com ações simultâneas como a greve metalúrgica na Itália e outras, seja qual for a sua dimensão e repercussão imediata, entrará para a história como um novo momento do internacionalismo. Nada remotamente semelhante já aconteceu, e isso diz tudo. Esta greve é uma resposta em terreno novo e muito animador. Será um acontecimento extraordinário, mesmo que [...]

Outros Outubros virão

7 de novembro de 2012

Valério Arcary Hoje celebramos noventa e cinco anos da revolução russa. A efeméride oferece a ocasião para o ressurgimento da interpretação liberal sobre o seu significado: seus arautos nos recordarão, em um exercício manipulado de história contra-factual, que o século XX teria sido o palco de uma luta titânica da democracia contra os totalitarismos comunista e fascista. Esquecerão, convenientemente, que sem a revolução de outubro e, portanto, a existência da URSS, seria pelo [...]

Entrevista de Valério Arcary à revista Caros Amigos

31 de outubro de 2012

Outubro de 2012 1. Na sua opinião, em que medida a divulgação dos escândalos do “mensalão” afetaram a política brasileira, em 2005, e durante o julgamento em 2012? Qual a importância deste caso para a história da política no país? A importância foi e permanece devastadora. A crise do “mensalão” tem duas dimensões em perspectiva histórica. Em primeiro lugar, o episódio é desmoralizador para o PT, em toda a linha, e as suas seqüelas foram e serão inescapáveis. [...]
1 6 7 8 9
[email protected] [email protected]