Valério Arcary

A queda do Muro de Berlim, vinte e cinco anos depois

10 de novembro de 2014

 Valério Arcary “Que a socialização dos meios de produção (…) representa um tremendo benefício econômico se pode demonstrar hoje em dia não só teoricamente, mas também com a experiência da União dos Sovietes, apesar das limitações desse experimento.  É verdade que os reacionários capitalistas, não sem artifício, utilizam o regime de Stálin como espantalho contra as idéias socialistas. Na realidade, Marx nunca disse que o socialismo poderia ser alcançado em um só [...]

Uma nota sobre ideologia no marxismo

31 de outubro de 2014

Valerio Arcary “Principalmente, todos nós atribuímos e tivemos de atribuir o máximo da importância à dedução das concepções políticas, jurídicas e outras concepções ideológicas, bem como aos atos que delas derivam, a partir dos fatos econômicos fundamentais. Ao fazermos isso, descuramos o lado formal em troca do conteúdo – a maneira como surgem essas concepções, etc.(…) A ideologia é um processo que o presumível pensador segue, sem dúvida conscientemente, mas com [...]

1914-2014: os cem anos da Primeira Guerra Mundial e uma lição teórica

17 de outubro de 2014

Valerio Arcary A queda da Comuna de Paris tinha selado a pri­meira fase do movimento operário europeu e o fim da Primeira Internacional. A partir de então começou uma nova fase. As revoluções espontâneas (…) os combates nas barricadas, depois dos quais o proletariado recaía de cada vez no seu estado passivo, foram então substituídos pela luta cotidiana siste­mática, pela utilização do parlamentarismo bur­guês, organização das massas, união entre a luta econômica e a [...]

O que não fazer?

9 de outubro de 2014

Valerio Arcary  “Se uma pessoa te enganar ela merece uma surra. Se esta mesma pessoa voltar a te enganar, quem merece a surra é você.” (Sabedoria Popular Chinesa) Poucos mais de quinze dias nos separam do segundo turno das eleições presidenciais de 2014. Pela quinta vez, desde o fim da ditadura, haverá segundo turno. A campanha pelo voto útil em Dilma Rousseff aumenta de intensidade sobre os militantes e eleitores da esquerda anticapitalista. Sob a pressão de uma [...]

Dirceu Travesso, ou melhor, Didi (1959-2014)

17 de setembro de 2014

Valerio Arcary                                                         ” Y en nosotros nuestros muertos, pa’ que nadie quede atrás” Atahualpa Yupanqui Foi hoje de manhã que o telefone tocou. Antes de atender, eu já pressenti a má notícia. Há cinco anos que a esperava. Didi nos deixou. Ficamos mais sozinhos. Nosso mundo ficou menor, ficou mais triste. Ele era um gigante. Avassalador. Tudo no Didi era intenso e ardente. Era um forte. Um dos homens [...]

Quem é a esquerda que a direita gosta?

15 de setembro de 2014

  Valério Arcary “Não importa o tamanho da montanha, ela não pode tapar o sol”. (Sabedoria popular portuguesa) A campanha eleitoral de 2014 é a mais imprevisível desde 1989. É natural, por isso, que seja a mais ríspida. A aspereza das reações polêmicas é proporcional à incerteza de quem vencerá as eleições presidenciais. A insegurança é inimiga da serenidade. Não foram poucos os artigos dedicados a diminuir e desqualificar a oposição de esquerda e, em [...]

De punhos fechados, mas com as mãos nos bolsos

5 de setembro de 2014

Valerio Arcary “As virtudes dos homens são semelhantes ao voo dos pássaros. A ave que se habitua à paisagem rasteira perde o gosto pela altura”. (Sabedoria popular indiana)  “Não deixes que as tuas lembranças pesem mais do que as tuas esperanças”. (Sabedoria popular persa) Valter Pomar escreveu uma resposta instigante a um artigo publicado no blog marxismo21.org sobre as próximas eleições ARCARY, 2014 e POMAR 2014). Os dois temas mais interessantes da polêmica são sobre a [...]

Trotsky: os ciclos do capitalismo em perspectiva histórica

21 de agosto de 2014

Valerio Arcary “A curva do progresso econômico põe em evidência dois tipos de movimento: um, fundamental, que expressa a elevação geral; outro, secundário, que corresponde às flutuações periódicas constantes, relativas aos dezesseis ciclos de um período de 138 anos. Nesse tempo, o capitalismo viveu aspirando e expirando de maneira diferente, de acordo com as épocas. Desde o ponto de vista do movimento de base, quer dizer, desde o ponto de vista do progresso e decadência do [...]

Os trotskistas e o PT, 35 anos atrás

4 de agosto de 2014

Valerio Arcary “Uma questão é a definição de classe e outra é a definição do fenômeno político. Primeiro vem a definição social. Se é um setor burocrático jamais poderá deixar de sê-lo(…) Nenhum setor social renuncia aos seus privilégios. Nenhum. Individualmente, sim. Mas como setor privilegiado, jamais (…) A direção do PT não vai para a revolução, porque reflete um grupo social específico, estranho à classe trabalhadora. Por isso (a análise) tem que [...]

As necessidades humanas são limitadas ou ilimitadas?

11 de julho de 2014

Valério Arcary “Devemos tratar igualmente os iguais e desigualmente os desiguais, na medida de sua desigualdade” (Aristóteles) “O projeto socialista é o de uma gradual satis­fação de mais e mais necessidades, e não uma restrição a requisitos básicos. Marx nunca foi um defensor do ascetismo ou da austeridade. Ao contrário, o conceito da personalidade totalmente desenvolvida, que é o próprio coração de sua visão de comunismo, implica a satisfação de uma grande [...]
1 2 3 4 5 6 9
[email protected]