Juary Chagas

O ‘lugar de fala’ nos movimentos: pressupostos teóricos pós-modernos, materialização prática fragmentária

20 de julho de 2018

Por: Juary Chagas RESUMO: Este trabalho tem por objetivo, por meio de pesquisa bibliográfica, apreender os pressupostos teóricos do conceito de “lugar de fala” através da fundamentação filosófica que lhe deu origem e identificar implicações da materialização do conceito na prática dos movimentos identitários, relacionando os limites impostos pela natureza pós-moderna dos pressupostos apreendidos com a perspectiva materialista-dialética de totalidade. Palavras-chave: [...]

A evolução ideopolítica e organizativa da classe trabalhadora brasileira – Parte 1

20 de dezembro de 2017

Por: Juary Chagas Da desagregação ao classismo: a experiência com a velha colaboração de classes e o foquismo As transformações que marcaram o final da década de 1960 e toda a década de 1970 foram elementos determinantes para o desenvolvimento de uma rica experiência político-organizativa da classe trabalhadora no Brasil. O governo ditatorial erguido no Estado brasileiro após o golpe de 1964, após um período de alta polarização social, conseguiu imobilizar quase que [...]

É preciso uma Frente Única no Brasil?

18 de novembro de 2016

Juary Chagas|   Participando da mesa que debateu conjuntura na última reunião da Coordenação estadual da CSP-Conlutas/RN, um tema se revelou polêmico na discussão: se a tática de Frente Única é ou não correta para a atual conjuntura brasileira e com quem é possível realizar essa importante tática, diante da necessária resistência aos ataques do Governo Temer e dos patrões. Uma análise teórica e histórica é fundamental. Por outro lado, é uma exigência extrair dessa [...]

Crise política dos governos “pós-neoliberais” latino-americanos e os desafios da esquerda (vídeo)

11 de dezembro de 2015

Juary Chagas Postamos abaixo vídeo de mesa redonda ocorrida em julho durante o VIII Colóquio Marx/Engels promovido CEMARX (Unicamp) sobre o tema: Crise política dos governos “pós-neoliberais” latino-americanos e os desafios da esquerda. Participam do debate o colunista do Convergência Juary Chagas, além de Gonzalo Adrián Rojas (UFCG), Cláudia Maria Costa Gomes (UFPB) e Daniel Rodrigues (UFSCAR). Vale a conferida! [...]

Blog Convergência participa do VIII Colóquio Internacional Marx-Engels

20 de julho de 2015

Juary Chagas Durante o período de 14 a 17 de julho, o Centro de Estudos Marxistas (CEMARX) realizou a VIII edição do Colóquio Internacional Marx-Engels, no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da UNICAMP, um dos maiores eventos marxistas da academia brasileira. No evento foram realizadas 4 sessões-plenárias, 12 mesas-redondas, além do lançamento de 4 revistas e 11 livros. Testemunhou-se também a apresentação de 170 comunicações e 31 pôsteres divididos em 10 grupos [...]

Sergio Lessa e Juary Chagas no lançamento do livro “Nem Socialismo, nem classe trabalhadora: o PT das origens aos dias atuais”

19 de junho de 2015

Dia 28 de maio, no auditório da biblioteca central da UFAL, às 19h, a livraria Manoel de Assis e o PSTU Alagoas realizaram o lançamento do livro Nem Socialismo, nem classe trabalhadora: o PT das origens aos dias atuais, de Juary Chagas. Na mesa, alem da presença do autor, estavam o professor doutor Sergio Lessa e o operário petroquímico e presidente do Pstu Alagoas, Paulo Bob. [...]

Programa democrático-popular versus programa de transição

14 de fevereiro de 2014

Juary Chagas Dentre os grupos e correntes que se destacaram no interior do PT com posicionamentos alinhados ao campo da revolução, estão os trotskistas[1], que, reconhecidamente, cumpriam o papel de “inimigo interno” mais forte da ala hegemônica, a Articulação. E uma das diferenciações claras com a Articulação – ainda na década de 1980 – residia precisamente na questão da natureza do programa do PT, cujo caráter para os trotskistas deveria ser de transição ao socialismo. [...]

Entrevista com Juary Chagas, autor de “Sociedade de Classe, Direito de Classe”

24 de setembro de 2012

O jovem potiguar Juary Chagas tem apenas 30 anos, mas já acumula uma intensa história militante em defesa dos trabalhadores e do socialismo. Em 2000, entrou para o movimento estudantil da UFRN e passou a lutar contra as reformas neoliberais na universidade. Quatro anos depois, começou a trabalhar no setor bancário e em 2006, participou da fundação da Conlutas (hoje CSP-Conlutas). Posteriormente, ingressou no PSTU e foi eleito para a direção do Sindicato dos Bancários do Rio Grande do [...]
sianez