Jorge Luiz Souto Maior

A Escola Sem Partido e as lições marxistas da CNI

13 de julho de 2016

Jorge Luiz Souto Maior  | Por diversas maneiras a democracia, que ainda nem se conseguiu construir de verdade no Brasil, tem sido ameaçada, haja vista, por exemplo, a solicitação do Supremo Tribunal Federal à Polícia Federal para que investigue, com vistas à consequente responsabilização, quem idealizou e levou a uma manifestação de rua bonecos infláveis com as figuras do Presidente do STF, Ricardo Lewandowski, e do Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, no último dia 19 de [...]

Muda Direito!

24 de março de 2016

Jorge Luiz Souto Maior  | Sexta-feira, dia 11 de março, nove horas da noite, saindo da Faculdade, sou abordado pelo vigilante terceirizado, tratado aqui pelo codinome Brasileiro, que traz consigo uma papelada e pede a minha atenção, para que eu lhe explique porque, afinal, ele ainda não recebeu os seus direitos pleiteados em uma reclamação trabalhista movida em 2010, solicitando-me, ainda, alguma previsão de quando irá receber. Analiso os papéis e vejo que a situação não parece [...]

Uma porta de entrada para a crítica marxista do direito: “A legalização da classe operária”

11 de março de 2016

Marcus Orione, Jorge Luiz Souto Maior, Flávio Roberto Batista e Pablo Biondi* | Engels e Kautsky, certa feita, mencionaram com muito acerto que o direito “ocupa posição muito secundária nas pesquisas teóricas de Marx”, aparecendo em primeiro plano “a legitimidade histórica, as situações específicas, os modos de apropriação, as classes sociais de determinadas épocas” (ENGELS; KAUTSKY, 2012, p. 34). Em Marx, portanto, o direito nunca aparece no centro da análise. Ainda assim, [...]

Em defesa da utopia

22 de fevereiro de 2016

Jorge Luiz Souto Maior  |   No texto, “Dialética das Manifestações”, publicado em março de 2015[1], escrevi: O PT ruiu moral e ideologicamente e é por demais importante que a esquerda brasileira reconheça isso de uma vez, para que os argumentos da moralidade, que embora possam ser desprovidos de uma materialidade imanente, mas que não são de modo algum desimportantes, apropriados pela direita, não continuem quebrando a tradição histórica da esquerda de apontar as [...]

Juridicamente, a terceirização já era: acabou!

12 de outubro de 2015

Jorge Luiz Souto Maior Alienação e otimismo Permitam-me interromper essa onda de pessimismo que tem sido espalhada diariamente pela grande mídia e que se encontra estampada também nos discursos da intelectualidade de esquerda. Sei que em um momento complexo como este, em que tantos, por tantas razões diferentes, nem sempre muito bem compreendidas, apostam no caos, ou o assumem como inexorável, podendo-se identificar um processo de desolidarização ou desumanização, falar em otimismo [...]

Reversão do corte de ponto pelo CNJ: uma questão de legalidade

22 de setembro de 2015

Jorge Luiz Souto Maior(*) Marcus Orione Gonçalves Correia(*) Valdete Souto Severo(*) Luís Carlos Moro(*) Alberto Alonso Muñoz(*) Almiro Eduardo de Almeida(*) Alessandro da Silva(*) A Constituição de 1988 inverteu uma lógica de negação concreta ao direito de greve, que foi explicitada em diversos momentos da história do Brasil: Lei n. 38, de 4 de abril de 1935; Constituição de 1937; Decreto-Lei n. 431, de 18 de maio de 1938; Decreto-Lei n. 1.237, de 2 de maio de 1939; Código Penal de [...]

Mais um grave golpe contra os servidores

16 de setembro de 2015

Jorge Luiz Soto Maior No dia 02 de setembro de 2015, a classe trabalhadora e, em especial, os servidores públicos federais, foram vítimas de mais um golpe, assim denominado não por força de expressão, mas nos estritos limites técnicos do termo, ou seja, a supressão temporária das garantias constitucionais da cidadania e da democracia, o que caracteriza um Estado de exceção. Verdade que no que se refere à classe trabalhadora vive-se, no Brasil, há décadas, um Estado de exceção [...]

A crise e os golpes contra a classe trabalhadora

2 de setembro de 2015

Jorge Luiz Souto Maior   É importante saber que se há uma crise econômica é porque no capitalismo as crises são cíclicas e inevitáveis, sendo certo que se o capitalismo tem sido capaz de se reinventar na superação de cada crise, também é certo que as crises, no processo dialético, têm sido cada vez mais graves e profundas. Elas exigem que se leve a sério a necessidade de se pensar na organização de um novo modelo de sociedade, sob pena de, falseando a realidade, sermos [...]

E o governo brasileiro disse SIM!

22 de julho de 2015

Jorge Luiz Souto Maior   Enquanto o governo grego possibilitou ao povo dizer NÃO à submissão aos interesses do capital estrangeiro, no Brasil, o governo disse SIM, fazendo-o de modo a gerar mais um sacrifício aos trabalhadores, como já houvera feito, na história recente, com as MPs 664 e 665[1]. É preciso entender que a última Medida Provisória editada pelo governo, MP 680, segue uma diretriz que já podia ser identificada desde quando se pretendeu conter as manifestações de [...]

Terceirização, corrupção, impeachment e hipocrisia

13 de março de 2015

Jorge Luiz Souto Maior Uma onda de patriotismo, moralismo e correção inunda o país da falta d’água. Não se quer mais corrupção e impunidade. E isso é ruim? Claro que não! O mal é utilizar o argumento não para buscar um acerto geral e sim para alcançar maiores benefícios pessoais, ou seja, para alterar apenas aquilo que incomoda ao projeto pessoal, indo-se nem sempre em uma direção progressista das condições social e humana. É assim, por exemplo, que pelo argumento da [...]
1 2
[email protected] masuccirosalee