Valério Arcary

image_pdfimage_print

O Dezoito de Brumário da burguesia brasileira de Fábio Queiroz

5 de junho de 2015

Valerio Arcary   Se para o Brasil tivéssemos feito um estudo sério da realidade teríamos chegado à conclusão de que a principal tarefa revolucionária em toda a América Latina era muito mais modesta que preparar a guerra de guerrilhas: havia que impedir que triunfara o putch reacionário gorila que se estava preparando (…). A situação latino americana, como a do país irmão (Brasil), com sua história, economia, relações sociais, política e caráter do governo indicavam [...]

Por que tem sido tão difícil construir novas lideranças proletárias?

27 de maio de 2015

Valerio Arcary   Mas, então: como definir a vanguarda? Se o quisermos fazer com a ajuda da lógica dialética, diríamos que a vanguarda é um fenômeno (…) diferente das classes e superestruturas, não tem uma existência permanente durante toda uma época. Os setores que na luta estão à frente, são a vanguarda. É um termo relativo; seu próprio nome indica que existe uma retaguarda.[1] (tradução nossa) [...]

Argumentos a favor da greve dos professores

10 de abril de 2015

Valerio Arcary “Ouça um bom conselho, que eu lhe dou de graça, inútil dormir, que a dor não passa” (Chico Buarque). A greve dos professores da Rede Estadual do Estado de São Paulo tem 21 dias, e já está próxima de finalizar a sua terceira semana. Utilizando uma astúcia desonesta, Alckmin insiste em ignorar a realidade, e afirma que não há greve. Se fosse verdade, como é possível explicar que dezenas de milhares de professores tenham protestado nas ruas, estimados em [...]

Março de 2015 não foi uma continuidade de Junho de 2013

27 de março de 2015

Valerio Arcary “Corremos alegres para o precipício, quando pomos pela frente algo que nos impeça de o ver”  (Blaise Pascal). “Durante a manifestação de abril de 1917 uma parte dos bolcheviques lançou a palavra de ordem: “Abaixo o governo provisório”. O Comitê Central logo chamou à ordem os ultraesquerdistas. Devemos, é claro, propagar a necessidade de derrubar o governo provisório, mas não podemos ainda chamar as massas às ruas por essa palavra de ordem, pois [...]

Três perguntas e três respostas breves sobre um domingo triste

17 de março de 2015

Valerio Arcary “Sem se partirem ovos não se fazem omeletes” “Quem o inimigo poupa, às mãos lhe morre”   (Sabedoria popular portuguesa.) 1. Qual foi o significado das manifestações do 15 de março? O martelo da história pode ser cruel. Doze anos depois da eleição de Lula para a presidência, a fadiga do lulismo abriu o caminho para a reorganização de uma direita com base social ampliada na classe média. Aconteceu neste triste dia 15 de março a maior manifestação [...]

Hora de sangue frio

12 de março de 2015

Valerio Arcary “A teoria dos campos burgueses progressivos se justifica com a generalização abusiva de um fato real: as diferenças entre os distintos setores burgueses. Segundo Trotsky, na classe burguesa sempre existem antagonismo muito maiores que no seio do proletariado. É um fato fácil de explicar: para o trabalhador dá no mesmo ser explorado por um patrão ou por outro, seja este “nacional” ou “imperialista”, ainda que entre os distintos setores burgueses exista uma luta [...]

Foi há trinta anos: o PT e o boicote ao Colégio Eleitoral de 1985

22 de janeiro de 2015

Valerio Arcary ” Quando a causa está quase de todo perdida, deve-se tudo arriscar.” (Sabedoria popular portuguesa.) Na eleição indireta de 1985, o PT decidiu, por amplíssima maioria, o boicote ao Colégio Eleitoral e se negou a liberar deputados a votarem na chapa Tancredo Neves/José Sarney contra Paulo Maluf. O PT considerou, naquelas circunstâncias, que a votação no Colégio Eleitoral era ilegítima e, portanto, não depositaria nenhum voto em Tancredo. As razões que [...]

Uma nota sobre a revolução negra

12 de dezembro de 2014

Valerio Arcary “É pelo rastro que se conhece o tamanho da onça.” (Sabedoria popular brasileira.)   Classes sociais não devem ser percebidas como uma categoria sociológica abstrata. Nada pode fazer sentido quando se despreza a geografia e a história, portanto, o espaço e o tempo. O principal traço peculiar da evolução do capitalismo na América Portuguesa, depois no Brasil, é que ele se implantou da forma mais atroz, desumana e bárbara possível, recorrendo à escravidão [...]

Luta pela constituinte exclusiva para a reforma política; uma tática equivocada

28 de novembro de 2014

Valerio Arcary “Duas luvas da mão esquerda não perfazem um par de luvas. Duas meias verdades não perfazem uma verdade.” (Eduard Douwes Dekker, alias, Multatuli). Reforma política é um tema complicado por muitas razões. Não é por acaso que quase todo o espectro político dos partidos que defendem o atual regime institucional, da direita à esquerda moderada, se dizem a favor e, paradoxalmente, nunca se fez. Mexer nas regras dos processos eleitorais pode ser progressivo ou [...]

A queda do Muro de Berlim, vinte e cinco anos depois

10 de novembro de 2014

 Valério Arcary “Que a socialização dos meios de produção (…) representa um tremendo benefício econômico se pode demonstrar hoje em dia não só teoricamente, mas também com a experiência da União dos Sovietes, apesar das limitações desse experimento.  É verdade que os reacionários capitalistas, não sem artifício, utilizam o regime de Stálin como espantalho contra as idéias socialistas. Na realidade, Marx nunca disse que o socialismo poderia ser alcançado em um só [...]
1 2 3 4 5 9
ragans_294@mailxu.com badamo@mailxu.com