Política Internacional

image_pdfimage_print

Crise de hegemonia norte-americana na geopolítica mundial: uma multipolaridade muito desigual

23 de maio de 2017

Por: Roberto Ramirez Tradução: Suely Corvacho Publicado originalmente no site da corrente internacional Socialismo ou Barbárie Prólogo depois de 08 de novembro “A queda do Muro de Berlim, em 09 de novembro de 1989, foi o momento em que se afirmou que a história havia terminado. O combate entre o comunismo e o capitalismo tinha chegado ao fim. Depois de uma titânica batalha ideológica, que durou décadas após a Segunda Guerra Mundial, o livre mercado e a democracia liberal ocidental [...]

O fim da notícia mundial

22 de janeiro de 2017

  Alex Callinicos | Tradução de Wilma Olmo Corrêa Edição: 153 Postado em 15 de dezembro de 2016   A derrota da terceira via O filósofo Jacques Derrida escreveu certa vez um ensaio intitulado “Sobre um Tom Apocalíptico Recentemente Adotado na Filosofia”. 1 Esse tom, desde 8 de novembro de 2016, migrou para a discussão política cotidiana. Para a esquerda liberal, a eleição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos é simplesmente a maior queda em uma [...]

Open Society: “sociedade aberta” para quem?

19 de novembro de 2016

Marcus Correia |   I. Um fenômeno intrigante do processo conhecido como globalização é a disseminação da participação de organizações não-governamentais (ONGs) e fundações privadas na política internacional. Com o enfraquecimento ainda maior das já precárias políticas públicas nos países periféricos, a partir, sobretudo, da hegemonia neoliberal dos anos 90, tais entidades apareceram como uma oportunidade de redenção de grupos sociais vulneráveis e como solução [...]

A revolução massacrada

9 de outubro de 2016

Aldo Cordeiro Sauda | Há cinco anos, o exército egípcio cometia seu primeiro massacre em grande escala na Primavera Árabe. Assassinavam 28 civis, todos membros da minoria copta cristã, que protestavam por liberdades religiosas. O Massacre de Maspiro, como ficou conhecido o evento, entrou para a história do movimento social egípcio como a mais cruel das ações da contra-revolução. Sua importância está mais relacionada ao significado político-social do ataque que à quantidade de [...]

A guerra russo-americana à Síria

24 de setembro de 2016

Aldo Cordeiro Sauda O colapso da proposta de cessar-fogo na Síria, firmado por John Kerry, secretário de Estado norte americano, e Sergei Lavrov, ministro das relações exteriores da Rússia, significa, inevitavelmente, o prolongamento da total destruição do país. O potencial pacto russo-americano serviu mais para explicitar, na prática, que as duas maiores potências nucleares do mundo têm importantes pontos estratégicos em comum para Damasco. Ambas buscam preservar do colapso total [...]

Grã-Bretanha: Por que eles ainda têm tanto medo de León Trotsky?

2 de setembro de 2016

Daniel Taylor  | Os líderes do establishment do partido trabalhista da Grã-Bretanha se lançaram desesperadamente em uma campanha para desalojar Jeremy Corbyn da liderança do partido, após uma vitória expressiva deste nas eleições internas (da qual participam os membros do partido) no ano passado. Corbyn representa uma ala esquerda do partido que há muitos anos era mantida fora da liderança, cuja função é dirigir a oposição ao governo conservador e apresenta o líder como [...]

Rentismo crônico e a crise venezuelana 1/3

3 de agosto de 2016

Publicamos aqui a primeira parte do importante artigo do sociólogo venezuelano Edgardo Lander, sobre a atual situação no país de Hugo Chávez. Neste texto, traduzido pelo site português Esquerda.net, o sociólogo descreve a grave situação económica, social e humanitária, que se vive por lá, apontando suas causas. [...]

Brexit: Um giro histórico-mundial

3 de julho de 2016

Alex Callinicos  | Tradução e Introdução: Aldo Sauda  | Revisão Técnica: Waldo Mermelstein  | Em meio à campanha monotemática da imprensa mundial e brasileira sobre a natureza retrógrada, se não abertamente reacionária, do voto pelo Leave, uma leitura atenta às vozes críticas vindas do Reino Unido é tarefa central. O texto abaixo, cuja primeira versão foi publicada na revista bi-mensal International Socialism Journal, órgão teórico da International Socialist Tendency [...]

“Os tempos já estão mudando”? («The times they are a-changin’»?) | Editorial (uma análise de conjuntura depois do referendo pela saída da Grã-Bretanha)

30 de junho de 2016

Editorial do Socialist Worker | Trad. Betto della Santa If your time to you/ Is worth savin’/ Then you better start swimmin’/ [Se seu tempo para você/ Vale a pena ser salvo/ Então é melhor você começar a nadar/] (Bob Dylan) Os donos da Grã-Bretanha enfrentam abalos sísmicos após o voto pela saída da União Europeia e nenhum deles parece ter qualquer resposta política para o que aconteceu. David Cameron anunciou a saída de cena apenas algumas horas após o resultado [...]

O bilhete suicida de Joffe a Trotsky e a paixão política que não se pode deixar

2 de maio de 2016

Tariq Ali & Adolf Joffe | Trad. Betto della Santa | Foto: Leon Trotsky e Adolf Joffe conversam em um automóvel seccional do Comitê Central bolchevique russo. [O Blog CONVERGÊNCIA edita a seguir uma crônica de Tariq Ali sobre o bilhete suicida de Joffe, dirigente bolchevique, diplomata soviético e membro da Oposição de Esquerda, que foi endereçado a Trotsky, ainda e quando tenha sido interceptado e seqüestrado pela cúpula da burocracia moscovita. Seu tema fala de um passado [...]
1 2 3 10
regester_annis@mailxu.com regester@mailxu.com