Enio Bucchioni

image_pdfimage_print

Corrupção era ‘legal’ na época da Ditadura

5 de abril de 2017

Por: Ênio Bucchioni Há mais de 150 anos, escrevendo sobre a corrupção na sociedade capitalista, Marx afirmava: Enquanto a aristocracia financeira legislava, dirigia a administração do Estado, dispunha de todos os poderes públicos organizados e dominava a opinião pública pelos fatos e pela imprensa, repetia-se em todas as esferas, desde a corte ao Café Borgne, a mesma prostituição, as mesmas despudoradas fraudes, o mesmo desejo ávido de enriquecer não através da produção mas [...]

Allende e o poder operário: dois jovens socialistas no Chile da Unidade Popular (vídeo)

27 de janeiro de 2016

Waldo Mermelstein e Enio Bucchioni  | Apresentação: Luis Gustavo  | Desde tempos remotos, a experiência de sair de sua vila natal marca a vida de um jovem. Os exemplos na literatura abundam; mais além das páginas de fantasia, também a realidade foi fertilizada pelas possibilidades abertas no ato de buscar novos ares, de Heródoto a Marco Polo. Jovens que, sob a ditadura brasileira iniciada em 1964, decidissem sair de seu país podiam arriscar também uma nova conjuntura política. A [...]

1975 versus 2015: A consciência após o fim dos Estados Operários

9 de outubro de 2015

No artigo anterior foi mostrada a diferença brutal da luta de classes nos anos próximos à última expropriação da burguesia no Vietnã em 1975 e os anos posteriores ao fim dos antigos 32 Estados Operários. Agora, Enio Bucchioni verifica a evolução da consciência dos ativistas e das massas no mundo inteiro nestes 40 anos. [...]

1975 versus 2015: Vietnã, última expropriação sobre a burguesia

2 de outubro de 2015

Em 2015 completaram-se quarenta anos desde que a burguesia, pela última vez , foi apeada do poder em algum país. Isto foi no Vietnã. Lembrando esta data, Enio Bucchioni, à época um jovem exilado em Portugal da Revolução dos Cravos, anteriormente participante do grupo Ponto de Partida no Chile , nos traz o primeiro de dois textos comparando o estágio da luta de classes daquela época com os dias de hoje. [...]

A propósito do regime interno dos bolcheviques: a visão de Trotsky

30 de abril de 2015

Enio Bucchioni As divergências internas a um Partido significam necessariamente o reflexo da existência de pressões de classe em seu interior, ou seja, numa discussão interna uma das alas é a “proletária, revolucionária” e as outras são pequeno-burguesas ou pró-burguesas? Buscando debater com estes questionamentos, o texto a seguir narra, nas mais diversas situações e em anos distintos, seja no interior do partido bolchevique, seja posteriormente na IV Internacional, a [...]

A propósito do regime interno dos bolcheviques antes de fevereiro de 1917

10 de abril de 2015

O presente texto, redigido pelo veterano militante trotskista Enio Bucchioni, é o primeiro de uma serie de quatro sobre o regime interno do partido Bolchevique. O documento tem como base o livro O Partido Bolchevique, de Pierre Broué. O próximo texto tratará do período entre fevereiro e outubro de 1917. [...]

Meu amigo Otto Brokkes: Chile, Portugal, Angola

29 de dezembro de 2014

Enio Bucchioni Chile, 1973 Éramos apenas cinco, entre os quais Otto Brokes. Dezembro de 1973, Estádio Nacional. Centenas de prisioneiros brasileiros já haviam saído daquela prisão em céu aberto em que se transformara o principal campo de futebol do Chile, com capacidade para 77 mil pessoas. Nos dias e semanas posteriores ao golpe, o Estádio ficou repleto de detidos,com cerca de mil estrangeiros, todos exilados, das mais diversas nacionalidades.  Os latino-americanos tinham sido expulsos [...]

Túlio Quintiliano: presente! Ahora y siempre!

14 de setembro de 2014

Enio Bucchioni “Túlio Quintiliano, a la marquesina!” Num intervalo de cinco minutos essa frase foi repetida  três vezes por um oficial do exército chileno. Eu a escutei com muita esperança. Fiquei observando se alguém se aproximaria da marquise bem em frente da tribuna de honra do Estádio Nacional do Chile. Em vão. Tulio não se apresentou na marquesina. Eu estava do lado esquerdo, no setor de arquibancada, junto a algumas dezenas de milhares de prisioneiros naquele imenso [...]
1 2
womble.francina ballas112